• 1

  • 2

  • 3

  • 4

Minha mente não pára!

A mente ansiosa encontra sempre temas para preocupações e medos, por norma os pensamentos ruminantes são negativos e insistentes, gerando sofrimento e desgaste físico e psicológico. Mas existem algumas estratégias básicas que ajudam a minimizar ou até solucionar de vez o problema. Que tal tentar?Minha mente não para!

  • Procure questionar, confrontar os seus pensamentos, mas não alimentá-los - Faça um teste de realidade aos seus pensamentos e veja qual a probabilidade de que algo que o preocupa realmente venha acontecer. E se ainda tiver dúvidas, tente aceitar a incerteza. É pouco provável que tenhamos a certeza de algo e, apesar da sensação que possa ter de que preocupando-se conseguirá controlar ou “prever” algumas situações indesejáveis, na prática isto apenas servirá para manter a sua mente “pre”ocupada.
  • Reserve um momento para se preocupar, focar e organizar-se – Procure direcionar a sua preocupação às questões que realmente possa fazer algo para resolver, distinguindo-as daquelas que não dependem de si. Faça listas com planos e datas para resolvê-las. Se acordou ao meio da noite preocupado com a incerteza de que pagou a conta do gás, o melhor a fazer é anotar esta preocupação num papel e voltar a dormir com a mente mais aliviada.
  • Respeite-se, respire e relaxe – Se aprendeu a confrontar os pensamentos negativos e a reservar momentos para analisar e buscar soluções para as preocupações reais, procure também respeitar o tempo que tem reservado para si, ou seja, tente adiar uma preocupação quando ela surgir em horas impróprias e aprenda a relaxar. Encontre atividades de lazer e relaxamento que lhe causem prazer. As opções são muitas (caminhar, correr, yoga, pilates, mindfulness, sair com os amigos, passear o cão, ler, etc.) e adequadas ao estilo de vida de cada pessoa.

Para tirar suas dúvidas ou nos enviar questões, poderá entrar em contacto connosco aqui.